01 fevereiro 2008

QUE PEEEENA...



Ministra pede demissão após gasto com cartão


Matilde Ribeiro, investigada por gastos pessoais com cartão corporativo, anuncia saída do cargo

Brasília - Sob suspeita de uso irregular do cartão de crédito corporativo, a ministra da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Matilde Ribeiro, acaba de pedir para deixar o cargo. Antes do anúncio, ela esteve reunida com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Palácio do Planalto.
"Assumo o erro no uso do cartão. Fatos que me levaram à escolha [de usar o cartão] partiram da necessidade de deslocamento e hospedagem", disse a ministra.
"Quanto ao uso desse cartão, reitero que se trata de erro administrativo que pode e deve ser corrigido", afirmou.
No ano passado, Matilde gastou R$ 171 mil no cartão durante viagens de trabalho, com diárias, aluguel de carros, hospedagem, compra em loja livre de taxas de importação em aeroporto.
O maior gasto durante as viagens foi para pagar aluguel de carros: 94 dessas operações somaram R$ 118.683,17, para deslocamentos dentro de cidades, regiões metropolitanas e comunidades quilombolas.


Agência Brasil
(O Dia Online)






Que peeena... vai fazer tanta falta...


Pelo menos para as locadoras de veículos.


2 Comments:

Anonymous Vera said...

:D Essa Matilde é 'peixe-pequeno', imagine os mais próximos da cúpula Lulal o quanto não 'comeram' de dinheiro público, com esses cartões e saques na boca do caixa... ;) Bjssssss!

5:46 PM  
Blogger Marie Tourvel said...

A CPI, como sempre, não vai dar em nada, mas uma coisa eu garanto, diversão. No meu bloguinho dei exemplos do que podemos descobrir sobre os gastos de nossos altaneiros ministros. Bacana seu blogue.

7:47 PM  

Postar um comentário

Links para este post:

Criar um link

<< Home