07 julho 2014

DESABAMENTO DE VIADUTO EM BH - APENAS O COMEÇO

Ora... SÓ morreram duas pessoas...



Tem faculdade de engenharia dando diploma de engenheiro civil para analfabeto que não sabe o que é um “RN” (Plano de Referência), desvio padrão? Como? Cálculo estrutural, fundações, mecânica de solos, nem pensar…, este é o Brasil em que vivemos atualmente. Professores “doutores” que não sabem nem para eles mesmos, não dão aulas, nem se consideram professores, se autoproclamam “pesquisadores”. Existem concursos públicos para a contratação de professores em U Federais e Estaduais, em que os candidatos com título de doutor, não passam nem na prova escrita (de de habilitação), com consulta, não conseguem a nota mínima de aprovação, é uma vergonha. Os acadêmicos de nossas universidades, em sua maioria (95%) estão apáticos, desinteressados, não demonstram o mínimo de conhecimento que os capacitem a freqüentar um curso técnico. Estes mesmos, depois de concluída a graduação, são arrebanhados para os cursos de pós-graduação em que os orientadores, em muitos casos, têm que escrever as monografias ou dissertações, para que os respectivos programas não percam pontos juntos aos órgãos de avaliação (CAPES e CNPq). E aí o ciclo se fecha, trazendo como conseqüência, a deterioração do ensino superior como a que temos hoje. Para resumir, o que está em jogo hoje são os números, o resto não tem valor.

Do outro lado temos os conselhos profissionais que se tornaram a “galinha dos ovos de ouro” de muitos incompetentes e raposas, que só pensam em se perpetuar nas tetas do sistema. Chegam ao ridículo de postarem em suas páginas a posse de “novos conselheiros”, aqueles que estão gozando de diárias e das benesses do sistema há mais de 15 – 20 anos. Daí, quando ocorre uma desgraça dessas, aparecem em cena afirmando que as causas serão apuradas, etc. e tal.

O que se pode afirmar pelo exemplo destes últimos 12 anos, é que esse tipo de tragédia, envolvendo incompetência + corrupção, vai aumentar muito em nosso país. Mas ainda não morreu gente suficiente, não é mesmo? Ou já esquecemos a tragédia de Congonhas?

18 janeiro 2014

PRESIDENTA ZERO


Símbolo irônico da campanha que militares brasileiros, na ativa e na reserva, vão liderar, na internet, em favor do voto anti-PT em 2014, mostra o famoso Sargento Tainha dando um chutão no traseiro de uma recruta que faz jus ao sobrenome Zero (à esquerda)...

O movimento tem um nome: Campanha Nacional Pró-Brasil 2014.
Participe. Divulgue.  A família brasileira agradece.

15 dezembro 2013

É MENTIRA, TERTA?


É MENTIRA, TERTA? 




Na quinta feira após a conquista da Libertadores da América pelo Atlético Mineiro , a Presidente Dilma enviou uma nota de felicitações a toda a torcida do galo mineiro.

Assim disse :

" Congratulo-me com toda torcida do Atlético pela conquista do título. Eu sou torcedora do Atlético (meu Deus !) e, quando criança, ia com meu pai a muitos jogos do galo no Mineirão." 



DUAS MENTIRAS:



1ª : A PRESIDENTE, QUE NASCEU EM 1947, TINHA 18 ANOS QUANDO O MINEIRÃO FOI INAUGURADO, PORTANTO, NÃO ERA UMA PROPRIAMENTE UMA "CRIANÇA"!



2ª : O MINEIRÃO FOI INAUGURADO EM 1965 E O PAI, QUE A “LEVAVA” PARA TORCER PELO GALO NO MINEIRÃO, FALECEU EM 1963, OU SEJA, DOIS ANOS ANTES DO MINEIRÃO SER INAUGURADO.



NEM O CHICO XAVIER CONSEGUE EXPLICAR ISSO! 



Dá para explicar, sim, ela é aluna do Lula.

13 novembro 2013

PERAÍ, PERAÍ... É ISSO MESMO?

SURREAL !!!

Deixa ver se entendi...
O Governo Federal traz para o Brasil médicos estrangeiros incapacitados, sem revalidação de diploma, joga estes profissionais despreparados para atender o povo no SUS, e deixa nossos hospitais públicos caindo aos pedaços.
Enquanto isso, investe dinheiro no melhor e mais caro hospital privado do Brasil, que funciona com tecnologia de ponta, conta com mão de obra extremamente qualificada, e que "coincidentemente" é o Hospital para onde vão nossos honoráveis políticos...

É isso mesmo?

08 novembro 2013

DÁ PRA ENTENDER?


... e ainda fazemos piadas dos portugueses.

22 outubro 2013

Laboratório ROYAL: o apoio de "artistas" e uma inovação sugerida



          Vivemos hoje em um mundo de hipocrisia.


         Esses atores e atrizes que apoiam a invasão de instalações privadas LEGALIZADAS são contra tudo que se faz ali. Tá bom? Não... mas o próprio Bruno Gagliasso, um dos que emprestaram sua imagem e opinião à causa, é dono de um restaurante no Shopping Garden na Barra da Tijuca(RJ) onde vende carne de boi, suíno, frango e peixe (alguns cativos para o abate, outros coletados na Natureza mesmo), os quais são sacrificados para manter o paladar requintado e a vontade dos humanos que não conseguem viver sem uma carne! 
Existe coerência?

         No mundo inteiro, os laboratórios desenvolvem as pesquisas com remédios utilizando os camundongos, cães ou  macacos Rhesus, antes dos medicamentos serem aprovados pelos órgãos de controle e fiscalização. Algum animal tem que servir de cobaia, não tem jeito. 

         Mas fica uma sugestão: dentre todos esses animais, eu ainda sugiro os presos que cometeram crimes hediondos e que foram condenados as longas penas, pois assim poderiam ser mais úteis para a própria sociedade, se purificando espiritualmente, expiando-se do grande mal causado. Pois mantê-los nessas prisões, achando que irão se recuperar para depois reintegrá-los na própria sociedade, isso com certeza é improdutivo.



        Contudo, com a Secretaria de Direitos Humanos do Brasil que tem o princípio de valorizar presos, terroristas, traficantes e vagabundos, e condenar apenas o Policial Militar, creio que a melhor escolha seriam os Policiais Militares serem "cedidos" para o Instituto Royal, a fim de substituírem os cãezinhos  Beagle
Ficam as sugestões. 
                                      

21 setembro 2013

EMBARGOS INFRINGENTES

Entendendo os "Embargos Infringentes"(muito bem bolado...)
- Pai, o que são Embargos Infringentes ?

- É o seguinte, imagine que nossa casa seja um Tribunal e que quando alguém erra, é julgado e todos podem votar!

Um dia, por exemplo, o papai comete um deslize: É pego traindo sua mãe com 3 prostitutas. Eu irei a julgamento.

Sua mãe, a mãe dela, o pai dela, sua irmã mais velha, você e seu irmão mais velho, votam pela minha condenação. Meu pai, minha mãe, o Totó e a Mimi, nossa gatinha, votam pela minha absolvição.

- Tá pai, mas aí você é condenado, não?

- Sim, fui, aí é que entram os tais dos "Embargos Infringentes" meu filho. Como eu ganhei quatro votos a favor da minha absolvição, tenho direito a um novo julgamento.

- Mas pai, no novo julgamento todos vão votar do mesmo jeito.

- Não se eu tiver trocado a sua mãe, o pai dela e a mãe dela pelas três prostitutas  . . .
(recebido por e-mail)