18 setembro 2006

O NEO-STALINISMO

Como se não bastassem as demais evidências, agora temos mais uma que desmistifica o sinistro plano do partido que pretendia se perpetuar no poder.
A exemplo de seus ícones grotescos e sanguinários, a “esquerda brasileira” representada pelo “operário-no-poder”, com sua peculiar “sensibilidade troglodita e esmêro paquidérmico nas palavras”, resolveu atacar a classe médica brasileira, justamente na “zelite” desta – vale dizer – na personificação de um de seus representantes mais ilustres – o Dr Adib Jatene.
Abaixo transcreve-se a matéria sobre o tema:

“ MANIFESTO DOS MÉDICOS CONTRA ATAQUE DO PRESIDENTE



Esse Lula não precisa da ajuda de ninguém para provar que é um idiota. Talvez seja essa a única característica da personalidade na qual o apedeuta se mostra muito eficiente.

Lula disse que pacientes do Doutor Jatene o procuram para morrer confortavelmente.

Um manifesto da classe médica – com assinaturas colhidas no país inteiro – contesta o conceito difundido por Lula de que os pacientes procuram os médicos para morrer e não para curar-se e que os erros da medicina são a regra e não a exceção.

Lula fez a declaração na semana passada em São Paulo e mostra sua visão preconceituosa da medicina, dos médicos e da assistência médica em geral.


Enquanto o Palácio do Planalto procura – através de jornalistas ligados ao governo – minimizar o episódio, admitindo que Lula fala demais e pensa menos, o discurso do Presidente, em cerimônia oficial, provoca indignação crescente entre os médicos.

O principal ofendido – o médico Adib Jatene, o mais importante cirurgião brasileiro – citado por Lula como exemplo de que o paciente , vítima de um erro dele, "morre feliz" por ter sido operado por ele , constrangeu-se em protestar. Mas seus colegas médicos e principalmente os pacientes que se beneficiaram da sua técnica e competência excepcionais na área da cardiologia, consideram importante desagravá-lo da gratuita agressão de Lula.

O caso mostra o desprezo de Lula pelos médicos e o abandono do Ministério da Saúde, que só se destaca pelos escândalos.

Aposto como ele não tem esse desprezo pelos empresários da Ambev, pelos fabricantes de destilados, pelos donos de boteco, pelos agitadores do MST, pelos sanguessugas e pelos corruptos do mensalão...”


O controle da mídia, o "Estado-mamute", a desconstrução dos poderes republicanos e democráticos, as mentiras que se tornam verdades, o estado-policial à serviço de um regime, as mortes de desafetos e "inimigos políticos", são algumas outras evidências daquilo que se mostra como o "neo-stalinismo" à brasileira que alguns ainda insistem em não enxergar.
Qualquer paralelismo do recente episódio com o “Golpe dos camisas-brancas” proporcionado por Joseph Stálin, é "mero exercício elucubrativo".

Será?

9 Comments:

Blogger Serjão said...

Alexandre
Meu caro, o que eu acho mais grave s~so os que os peritos médicos do INSS vem sofrendo. E o CFM pelo menos que eu saiba ainda não se posicionou.

Obrigado pelas suas palavras lá em casa. E me desculpe pelo fatalismo. Infelizmente foi o Chuchu que me deixou assim. A torcida reflete o que o time faz em campo. Tomara que depois desta lambança da petralhada a coisa mude. Abraços

9:22 PM  
Anonymous Vera said...

Boa noite Alexandre... São tantas emoções... rsrs. Vou achar até estranho, quando tudo isso terminar. Cada dia um novo escândalo deses PeTistas!!:-)

11:20 PM  
Anonymous blogdopatrick said...

Mais uma mancada do pessoal que se diz companheiro do Lula. Agiram como um beque de várzea, aos 45 do segundo tempo com o time ganhando por 1 a 0 o becão vai lá e faz um penalti, dando o título ao adversário!

Aguardo sua visita ao meu blog, escrevi hoje sobre o caso do dossiê

www.blogdopatrick.blogspot.com

10:49 AM  
Blogger Angelo da C.I.A. said...

Alegremo-nos, meu caro Alexandre. Os trackings do IBOPE de amanhã já trarão os resultados de mais esta lambança da quadrilha. Novos rumos virão para esta eleição.
Alegremo-nos!

11:47 AM  
Blogger LCMarques said...

A desfaçatez, ironia, cara-de-pau dos petistas, principalmente daquele que se intitula 'o mais ético', é de tal monta que ficamos todos com cara de babacas vendo as coisas acontecerem e os poderes legais não se manifestarem.
Estamos em um estado de letargia que já estou acreditando que realmente somos um bando de babacas, de frouxos que nos acomodamos por falta de vergonha na cara. Gritamos e esperneamos mais quem recebe as esmolas só está preocupado em sobreviver (alguns) e a a maioria dos esmolés estão é querendo levar vantagem e aí tendem a perenizar a safadeza. Seu comentário anterior (Carlos Vereza) define bem.

11:24 PM  
Blogger Alexandre, The Great said...

Luiz Carlos.

A "letargia" não poderá jamais ser o escopo para a amoralidade e incompetência de cada um enquanto eleitor, portanto não posso aceitá-la como argumento, até mesmo porque nunca votei no "ultra-ético", logo não poderia me sentir "letárgico".
O momento não é de frouxidão, mas de coragem e sentimento patriótico.

Cordiais Saudações!

11:42 PM  
Blogger Kafé Roceiro said...

Alexandre,
Concordo com você. Temos que ser mais incisivos. Vou estar atento aos meus posts para que sempre esteja com algo a respeito. No mais estou torcendo para que a candidatura dele seja impugnada no caso do dossiê. Seu texto está excelente! Abraços, irmão. Kafé.

9:41 AM  
Blogger LCMarques said...

Valeu, mas que a sociedade observa e não está fazendo nada de concreto, não está...
Cada barbaridade e a própria imprensa morde e assopra. Como a economia está quieta, a inflação controlada, grande parte da população não está nem aí. Você é um dos vários que não deixam de exigir ética, moralidade, não deixa sair do foco o assunto 'desgoverno', mas basta um vídeo da Cicarelli que o assunto política vá para segundo plano.
Amplexos

12:02 PM  
Blogger LCMarques said...

Alexandre dá uma lida na coluna do Ancelmo de hoje ("O YouTube de Lula" e "Já...") confirmando meu comentário, acima. A banalização da imoralidade frente ao cotidiano da população.

9:38 AM  

Postar um comentário

Links para este post:

Criar um link

<< Home