05 abril 2006

ADEUS, BOM MENINO !


George Savalla Gomes, o palhaço Carequinha, morreu na madrugada desta quarta-feira em sua casa no Rio de Janeiro, informou o Hospital de Clínicas de São Gonçalo. A causa da morte foi infarto agudo do miocárdio.

"George Savalla Gomes nasceu em 18 de julho de 1915 em Carangola, Minas Gerais. Filho de artistas circenses, Carequinha cresceu conhecendo a rotina do circo e aos 12 anos se tornou palhaço. No início, suas apresentações eram realizadas no Circo Peruano, de sua família. Depois ele fazia seus números no Circo Ocidental, mas foi sozinho que Carequinha fez sua fama. Ele realizava apresentações diárias em eventos e festas de aniversário. Carequinha ficou conhecido como o "palhaço dos presidentes", por ter seu talento reconhecido por diversos governantes, como Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek e presidentes do tempo da ditadura militar, para os quais ele se apresentou. "Eu ajudava a quebrar o gelo", comentou uma vez o palhaço. Carreira Em 1951, Carequinha estreou na TV Tupi no comando do programa Variedades Tupi, depois chamado de Circo Bombril. Ele permaneceu 16 anos à frente da atração e foi o primeiro a receber crianças num estúdio de TV. Carequinha então trabalhou na TV Piratini, TV Curitiba, TV Itacolomi e TV Rádio Clube. Na TV Globo, ele fez uma participação especial na novela Três Marias, na década de 80. Em 1983, Carequinha estreou o programa O Circo Alegre na TV Manchete. Assessorado pela diretora Marlene Mattos, ele treinou Xuxa para o início de sua carreira como apresentadora infantil. Em 2001, Carequinha estreou como "aluno" da Escolinha do Professor Raimundo. Sua última participação na TV foi na minissérie Hoje é Dia de Maria 2, no final de 2005. No rádio, Carequinha participou dos programas Barbosa Júnior e César de Alencar, ambos em emissoras do Rio de Janeiro. Nesta época ele começou a gravar canções infantis e chegou a vender mais de 2 milhões de cópias de seu CD em 1962. Carequinha também fez cinema. Entre seus filmes estão “Sai de Baixo”, “Com Jeito Vai”, “Sherlock de Araque” e “O Palhaço, o que é” ?.
Redação Terra


O blog solidariza-se com os familiares do nosso insuperável e inesquecível “Carequinha” – um ícone de todas as gerações deste país.

Estamos de LUTO, e o Brasil muito triste e saudoso com a perda do comediante.

6 Comments:

Anonymous Ritoca said...

Oi Alexandre!

Bonita homenagem ao Carequinha. Eu acho que ele foi um homem abençoado e feliz, viveu bastante, teve uma vida plena, fazia o que gostava, vivia cercado de crianças alegres.

Abraço

Ritoca

2:54 PM  
Blogger Saramar said...

Alexandre, boa tarde.
Estou tão triste! Sempre fui apaixonada por ele. Quando adoeceu, aqui na minha família, fizemos conrrentes de oração para que ele ficasse bom e saísse do hospital.
Infelizmente, os bons se vão e ficam.....

Linda homenagem.
Obrigada.

Beijos

4:06 PM  
Blogger LCMarques said...

Estamos mais tristes em perder uma figura que foi responsável por vários conceitos comportamentais voltados para o amor ao próximo, para convivência pacífica e alegre.

Me senti tentado a fazer um comentário sobre perder o "Palhaço dos Presidentes" e ter um presidente dos palhaços mas seria trair a minha admiração e respeito pelo Carequinha.
Palhaço é um ser que somente deseja a alegria dos outros.

Abraços

5:00 PM  
Blogger Alexandre, The Great said...

Luiz Carlos.

Embora pertinente, o comentário seria inoportuno e injusto, como vc mesmo fez questão de frisar.

Valeu!

5:13 PM  
Anonymous Vera said...

Muito bela sua homenagem ao canceriano "Carequinha", permita-me linká-lo, para que mais pessoas possam ler. :-) Bjs

6:08 PM  
Anonymous Anônimo said...

best regards, nice info Information systems security design and development goody two shoes lyrics

8:42 AM  

Postar um comentário

Links para este post:

Criar um link

<< Home