26 março 2006

CARTA DE UM BRASILEIRO (ou de MILHÕES de brasileiros)

Dentre as inúmeras notícias, e-mails, correspondências e mensagens que recebo, algo se destaca vez por outra, seja pelo inusitado conteúdo, seja pela originalidade da proposta ou pela representatividade e identidade do objeto. O texto abaixo transcrito despertou um sentimento de identidade tão grande que achei relevante sua publicação. Não conheço pessoalmente seu autor, mas a difusão, via mailing, feita pelo mesmo por si só autoriza sua reprodução.

"Ao assistir ao Jornal Nacional de hoje fiquei pasmo. E indignado. E triste.
E descrente no futuro deste país.
Ao ouvir o presidente da república declarar num comício eleitoral visando
a sua reeleição, violando as leis do país, a Constituição e demonstrando
elefantino desprezo pela inteligência de uma nação de 180 milhões de
pessoas que "o PT não pode ser criticado por erros humanos cometidos" e que "há dois mil anos que a humanidade erra", só me ocorreu um pensamento:
O homem está bêbado, louco ou é um picareta pronto e acabado.
Desliguei a televisão após terminar o jornal e fiquei meditando sobre o
que ouvira. Uma coisa me chamou a atenção: foi aplaudido entusiasticamente
pelos presentes. Vasculhei os recônditos de minha memória e tirei de lá
de dentro a primeira impressão que Luiz Inácio Lula da Silva me deixou
quando, em 1974, morando em São Paulo, eu o vi falar na televisão pela
primeira vez: este sujeito é um picareta! Esta foi a impressão que tive
dele quando o vi na televisão pela primeira vez. E esta impressão foi formada
por alguns detalhes importantes: a cara dele, o aspecto dele e o que ele
disse naquela ocasião. O aspecto e a cara, eram de um tremendo malandro
picareta. A fala era de um sujeito ignorante, analfabeto, intolerante, arrogante,
mal educado, primário, sem princípios morais.
Pensei: meu Deus, esse sujeito é o maior líder sindical deste país?
O sujeito falou cobras e lagartos dos americanos, dos capitalistas, da
democracia, dos militares brasileiros, e teceu loas às lutas de classes,
ao socialismo, à Fidel Castro e a tudo o que não presta no mundo.
O governo era a chamada ditadura militar. Ditadura militar coisa
nenhuma, senão ele tinha se estrepado! Se fosse uma verdadeira ditadura ele
hoje estava implorando a Alah para reencarnar no Iraque, ou Irã, ou
Paquistão ou qualquer desses países que só produzem miséria e terrorismo.
Voltemos ao fato. O presidente do Brasil disse que o seu partido não
pode ser acusado dos erros humanos que cometeu e que desde Adão e Eva os
seres humanos cometem erros.
Há um problema, porém: erro humano é uma coisa, crime é outra
completamente diferente. Quem tem senso moral sabe disso. Trair a mulher ou vice-versa é erro humano, grave. Chegar atrasado a um compromisso é erro humano, condenável. Ser grosseiro com os semelhantes é erro humano.
Não saber se comportar na sociedade em que se vive é erro humano.
Humilhar os demais, é erro humano. Existem centenas de outros erros
humanos, todos derivados de uma educação falha ou da falta de educação. Mas roubar, praticar a corrupção, formar uma quadrilha para assaltar os cofres
públicos, o dinheiro do povo, prevaricar, mentir e obstruir a justiça,
formar caixa dois para comprar votos de incautos e ganhar eleições,
montar o maior esquema de corrupção já visto neste país para comprar um parlamento, envolvendo nisto empresas públicas e particulares e se
mancomunando com mafiosos, torrar bilhões de reais em "programas"
sociais que só servem para alimentar a corrupção e perpetuar a miséria,
torrar outros bilhões em viagens inúteis a países falidos que não têm nada
a oferecer ao Brasil, nada disto é erro humano. É crime capitulado nos
códigos criminais de qualquer país. Se as autoridades encarregadas de
zelar pelo cumprimento destas leis e da constituição brasileira fazem
vista grossa a toda essa bandalheira que está destruindo o país como nação,
então estamos diante de outro crime grave e de uma constatação: o Brasil
não é mais um país, uma nação, e sim, um valhacouto de facínoras. Se o
poder judiciário brasileiro, que se diz independente, e está na Constituição
que é, e que tem a obrigação cívica de fazer cumprir as leis, fecha os olhos e se mancomuna com toda esta imoralidade, então precisamos chamar o xerife.
Só que o Brasil não tem mais Xerife!
Existe um problema sério com a psicologia do picareta. O picareta não
possui nenhuma noção dos valores humanos e morais que devem reger as
vidas das pessoas e das nações. Em razão dessa sua cegueira moral, o crime
para ele não é crime e pode ser classificado como erros humanos,
simplesmente e facilmente perdoáveis. Na psicologia do picareta, tudo é
permitido. Pode-se fazer tudo e depois, pede-se desculpas ao distinto público, como essa quadrilha do PT já pediu, a começar pelo chefe picareta, e fica tudo
por isto mesmo. Na visão dessa ralé que só pensa em si mesma e tem na
ponta da língua um escroto discurso populista pronto e ensaiado para enganar
analfabetos, um simples pedido de desculpas e uma declaração de erro
humano basta. Ao ouvir o que o senhor Lula da Silva afirmou hoje a minha convicção sobre a sua pessoa se confirmou: o homem não está bêbado e nem louco.
É apenas um picareta.

Resta-nos imaginar o que vai acontecer com um país de 180 milhões de
pessoas governado por um picareta que faz parte de uma quadrilha
denominada Partido dos Trabalhadores que já violou todos os códigos da
ética da moral e do direito, exige provas para crimes de corrupção como se corruptos assinassem recibos, conta com o guarda chuva de um poder
judiciário venal e também corrupto e onde ninguém levanta a voz contra tudo isto.

Em mim, isto provoca náuseas e um frio na espinha. E principalmente
desprezo!

E em você?


Ricardo E. Jardim Rodrigues

Eng. Civil
CREA n.º 19901042286/D/RJ"



Na minha opinião, faço apenas uma pequena correção ao texto do autor: o PT nunca se desculpou perante a nação, e nem o presidente.

E você, o que acha?

5 Comments:

Blogger Nat said...

Alexandre,

Este texto retrata muito do que sentimos perante o atual desgoverno. Só não podemos deixar que a maior "defesa" de Lula e comparsas "cole": que todos os políticos/partidos são farinha do mesmo saco. Não são.

Grande abraço!

3:17 PM  
Anonymous Aluizio Amorim said...

Alenxadre,

valeu a publicação deste texto. Faz o desabafo de milhares de brasileiros que estão com um nó na garganta e também com medo do Estado Policial de Lula e do PT. O Governo do Brasil não passa de uma quadrilha. Estão destruindo a Nação e o que resta de seus valores éticos e morais. Se o exemplo não vem de cima, falta pouco para o Brasil simplesmente se transformar numa grande latrina.

Obrigado pelos seus comentário sempre atilados lá no meu bloguinho. Não imaginava a repercussão que teria aquele post sobre a política de imigração dos EUA que está lá no meu bloguinho.

Abração do

Aluízio Amorim
http://oquepensaaluizio.zip.net

6:41 PM  
Anonymous Saramar said...

Alexandre, boa noite.
O desabafo representa o grito que está contido em milhares de mentes desse país e que não encontram uma forma de se expressar mais abertamente para aqueles que não têm, como nós acesso ao mundo da comunicação.
Como esse cidadão, fico me perguntando como explicar para meus amigos crianças o que está havendo neste país porque morro de vergonha.

12:33 AM  
Blogger Star said...

Alexandre,

Valeu a publicação do desabafo, como todos já disseram, representa o que sentimos e pensamos.

Essa é a nova tese do PT e do picareta Lula, como escrevi no meu blog hoje.

Eles querem fazer crer que todos os partidos, todos os políticos são como eles e todos os brasileiros são desonestos.

NÃO somos!

Nunca houve crimes como os que esse governo cometeu. Nunca tivemos um presidente tão ordinário. Nunca houve tanta roubalheira e tanta impunidade.

Só mentes degeneradas pelo crime, acreditam que podem convencer que cometeram erros humanos.


Boa semana, beijo

1:16 AM  
Blogger Camarada Arcanjo said...

A catarse do sr. Ricardo Rodrigues é cheia de verdades insofismáveis.
Como um pulha desses alcança o poder? Com o apoio da mesma parte do PSDB, que escolheu o Alkimim desta vez.

Junte-se as questões levantadas neste texto o ambiente de "revolução bolivariana" na América do Sul e você terá um quadro deplorável, indesejável e perene.

1:39 AM  

Postar um comentário

Links para este post:

Criar um link

<< Home