01 julho 2006

“DEUS NÃO É BRASILEIRO...”


A reeleição do apedeuta, gênio do obscurantismo aético e imoral que tomou conta do país, caso venha a ocorrer, será o resultado de um hediondo plano de captura do Estado gestado no submundo uterino das mentiras e da prostituição política por mais de 25 anos.


Ao mesmo tempo em que exercia um domínio ideológico dos pobres e dos menos favorecidos dos sindicatos, da academia e das organizações estudantis com uma falsa bandeira socialista e com uma promessa de resgate ético e moral do poder público, estruturou uma sub-reptícia arquitetura de financiamento corrupto para a consolidação do seu poder econômico de aliciamento político dos poderes da República, dos cúmplices de alta traição ao país, e dos corruptos e corruptores das relações públicas-privadas.


E agora atingimos o auge do espetáculo da hipocrisia e da manipulação dos ignorantes.


Os institutos de pesquisa deviam ter um mínimo de vergonha para associar os resultados que o presidente está alcançado nas pesquisas de preferência “popular” ao efeito populista – em centenas de prefeituras – da compra dos votos de mais de 30 milhões de cidadãos, sem consciência crítica, que estão sendo, direta ou indiretamente, beneficiados com as esmolas da bolsa-família–preservação-da-pobreza.



O descarado vício da amostra estatística está impunemente levando a parcela da sociedade que ainda não definiu seu voto, formar sua intenção de voto para garantir a reeleição do "presidente-eterno-candidato" no outubro vermelho.


Neste torpe cenário, a escrotidão intelectual do país está chegando a níveis impensáveis.

Na realidade, o mundo empresarial – que banca o mínimo de crescimento da economia, as elites dirigentes – grandes investidores remunerados com “superávit primário”- a academia cúmplice do petismo, os empregados do meio artístico servos dos poderes instituídos, e os milhares de apaniguados distribuídos pelas agências oficiais do fascismo populista – estão percebendo uma oportunidade imperdível para escravizar definitivamente o povo com a parceria de um Estado fascista que se propõe a continuar fazendo os ricos mais ricos, e definindo para os pobres apenas o direito à preservação de sua ignorância, tratando-os como filhos adotivos do Estado com direito perpétuo a uma meia-água em um gueto residencial qualquer, uma bolsa-família-preservação-da pobreza e um mísero salário, enquanto os eleitos pelo regime como seus cúmplices continuarão a fazer fortuna, ou ficar tomando dinheiro do BNDES, vendendo sua alma ao diabo.


Enquanto isso o povo continuará trabalhando mais de cinco meses por ano para continuar pagando a conta da traição ao país, dos salários e das mordomias dos poderes da República que protegem as elites dirigentes e os corruptos apaniguados da política prostituída, vez que se tornaram cúmplices dos filhotes dos ovos da serpente do fascismo.


A hipocrisia, a leviandade e a devassidão moral e ética que estamos presenciando, já permitem um nível de distorção da nossa realidade que dá o direito a um desprezível ser humano qualquer dizer com a maior desfaçatez que:


“O PT reconhece que subestimou a condição de permeabilidade do Estado às pressões corruptoras advindas dos setores privados, sobretudo daqueles que se locupletaram do processo de privatizações ocorrido a partir da década de 90”.


A cara de pau dos fascistas, não tem mais limites, mesmo depois da organização criminosa de amigos fiéis do petismo e do presidente ter sido denunciada pelo Ministério Público Federal.

Parecem que a esquizofrenia da covardia da sociedade organizada já colocou no baú da passividade com os corruptos covardes, os fatos que justificariam, por si só, a desconstrução deste desgoverno espúrio que está destruindo nosso país.


Qual a semelhança entre o mérito das declarações de um desqualificado que comete a insensatez de inocentar (frase destacada no parágrafo acima) nas entrelinhas o desgoverno Lula – “refém” de um projeto político fascista prostituído – e as torpes expressões de um denunciado pelo Procurador Geral da República como pertencendo a uma organização criminosa, que se apresenta com uma absurda aparência de bêbedo ou narcotizado com uma droga qualquer, em uma CPI, quase que negando sua própria existência no mundo terreno?

Resposta.


Justamente na representatividade da mesma relativização da obviedade corrupta dos fatos, que está subornando os princípios morais e éticos dos poderes da República, com uma criminosa passividade de todos aqueles que teriam o poder de se unirem para acabar com a patifaria que está tomando conta do Estado, humilhando o povo e o país perante a opinião pública mundial, e deixando-nos reféns de aventureiros populistas do nosso país e de países vizinhos.


Nossa Justiça não serve mais para nada, ou melhor, nossa Justiça serve apenas para punir os excluídos ou os que não são protegidos pelos canalhas criminalistas a serviço da corrupção e do corporativismo espúrio, que se tornaram moeda básica de negociação para a sobrevivência de um regime apodrecido nas suas entranhas.



O fortalecimento da impune dissimulação meliante da podridão de valores dos cúmplices que sustentam a formatação do golpe fascista em curso, para garantir a perpetuação no poder de um governante que se apresenta como uma vergonhosa fraude como pessoa, uma mutilação da ética e da moral como político, e uma desastrosa incompetência como presidente, está nos aproximando da cova comum do enterro da democracia e de nossas liberdades individuais, que será efetivado com uma possível reeleição do apedeuta – gênio da política prostituída – no outubro vermelho.


Estamos diante da inevitável formação de uma nova sociedade onde os antigos revolucionários vermelhos que agitavam as portas das fábricas, lutando por um país mais justo e digno, agora se incorporam às benesses monetárias do poder político prostituído.


Os fascistas estão unidos às elites dirigentes para capturar o Estado, dando-lhes em troca os benefícios de ficarem cada vez mais ricos.

E o povo?

Não tem problema, pois basta lhes garantir uma “bolsa-preservação-da-pobreza” que eles se darão por “satisfeitos”.


Afinal de contas foi para isso que se plantou durante décadas a ignorância no país pela falência da educação pública pelas mãos sujas de governos incompetentes e corruptos, que sempre prometeram e nunca cumpriram seus "programas de governo".


Enquanto isso, os sindicalistas (comunistas), novos donos do poder, antigos defensores das causas sociais, se apresentam com suas esposas vestidas com chapéu da Maison John & John , casaco de pele amarelo da Dolce & Gabbana e bolsas Luis Vuiton, entre outras “modestas vestimentas”.


Será que estão inventando uma nova classe social de comunistas-capitalistas ?

Ou uma nova classe de fascistas-corruptos-canalhas-mentirosos muito mais sofisticados que seus antecessores ?


Nessa altura do campeonato nacional de quem é o mais mentiroso, quem é o mais leviano e quem é o mais hipócrita dos homens do poder público-privado, cabe uma pergunta:

a sociedade brasileira perdeu a vergonha na cara ou está conscientemente escolhendo o caminho do fascismo corrupto para todos mamarem nas tetas dos ignorantes?


Temos que confessar que a "parada" entre os concorrentes está cada vez mais dura, e a escolha tende a um empate técnico entre os muitos participantes da gincana de quem se apresenta como o mais desqualificado meliante corrupto ou traidor do país.


Uma economia travada, uma corrupção ensandecida pedindo para “o último apagar a luz”, uma educação falida, uma saúde decadente, uma segurança inexistente, são as partes de uma patifaria que estão formando a rima destoante da desgraça nacional, mas que se mostra incapaz de sensibilizar a maior parte dos formadores de opinião – acadêmicos, jornalistas, professores, profissionais liberais, artistas, empresários, etc - aqueles que seriam capazes de pedir ao povo para que deixem de ser imbecis e palhaços, servos históricos da podridão da política que sustenta a pobreza para se manter no poder pelos votos dos ignorantes – eternos explorados pelos "coronéis" – tudo com a cumplicidade e a omissão de milhares de “inteligentes” da classe média, cúmplices de ocasião da banda podre do país que está tomando conta dos poderes da República.


O maior suborno da ética e da moralidade já vivenciado em nossa história, está se consumando pelo dinheiro roubado do povo, pela ganância das elites dirigentes que enriquecem na sombra da exploração dos contribuintes através da remuneração oferecida aos aplicadores na “caderneta de poupança do superávit primário”, pelo corporativismo espúrio que colocou os poderes da República de joelhos rezando o terço do petismo, e pelo desvio de bilhões do dinheiro dos contribuintes através dos valeriodutos , waldodutos e seus assemelhados.


Diante de tantas ignomínias praticadas contra o Brasil, será que alguém ainda tem a coragem de afirmar que “DEUS é brasileiro”?

26 Comments:

Anonymous vera said...

É verdade Alexandre o Brasil jogou mal, e não merecia ganhar. mas a minha tristeza é que não conseguimos golear a França. Agora vamos torcer mais forte pela vitória do melhor para o Brasil, na política. :-) Beijo grande e muito obrigada pelas suas palavras, em meu blog.

10:55 PM  
Anonymous vera said...

Agoara vamos ao ataque contra os fascistas-corruptos-canalhas-mentirosos!!!! É isso aí! :-) Bjs

10:56 PM  
Blogger Ozéas said...

Caro Alexandre, como sempre você nos brinda com um ótimo post, merecedor de leitura e reflexão. Não passarão.
Abç

11:01 PM  
Blogger Angela said...

Alexandre, seu texto é perfeito, eu nem deveria falar isso, porque é uma constante entrar no seu blog e ser brindada com posts excelentes.

Respondendo sua pergunta:

Só interessa aos que querem um povo passivo e ignorante essa afirmativa de que "Deus é brasileiro".

Deus é universal, não toma partido, nos criou inteligentes, criativos e livres, por não ser um ditador e menos ainda facista, nos deu o livre arbitrio para fazermos de nosso mundo e de nossa vida o que bem quisermos...

Todo paternalismo, autoritarismo e imposição de verdades e valores, vem do usurpador, do farsante, do mentiroso...

Um beijo

3:10 AM  
Anonymous Tambosi said...

Alexandre,

lendo este post, só me ocorre o que disse Kurz (Marlon Brando) no Apocalipse Now: horror, horror, horror!

5:28 PM  
Blogger Kafé Roceiro said...

É realmente lamentável! Agora que perdemos as eleições vejo o lado positivo, menos uma muleta que o Lula vai ter para se agarrar...

6:38 PM  
Blogger Angelo da C.I.A. said...

Fascismo... É para isto mesmo que estamos caminhando. Mas há volta, estamos chegando no tão esperado "turning point"... Que venha logo o horário eleitoral

9:58 AM  
Blogger CAntonio said...

Perfeito,


Sem palavras...

12:18 PM  
Blogger CAntonio said...

....E imperdoavel nao ter linkado seu blog ainda.

Esta corrigido o erro.

12:22 PM  
Blogger Saramar said...

Alexandre, boa tarde.
O tom do seu artigo dá bem idéia do quanto estamos perdidos e diante da inércia do país inteiro diante do oceano de lama vermelha que nos cobriu.
Estamos todos de joelho, com exceção de alguns guerreiros da moral e da ética como você?
A mídia vendida ou vencida, as instituições contaminadas, as oposições coniventes e igualmente imorais e o povo inerte, abismado e sem rumo. Deus realmente, nudou de cidadania.

Beijos

3:44 PM  
Blogger Walter Carrilho said...

Eu diria que há uma epidemia de cegueira, pois nunca vi povo mais apático diante d etanta sujeira...

9:58 AM  
Blogger Moita said...

Alexandre

Estou em viagem há um mes e meio, quase, numa missão pra uma empresa belga. Quando consigo postar, é pelo celular, muito complicado. Daí a dificuldade de visitar os amigos.

A corrupção é tanta que já estou cansado. Preciso de renovar forças pra voltar ao combate.

abraços

10:20 AM  
Blogger Kafé Roceiro said...

Ô amigão!
Cê tá bão?

10:35 AM  
Blogger Nat said...

Deus não é brasileiro... nunca foi. Agora, os falsos profetas... todos nasceram tupiniquins.

Bjs

5:22 PM  
Blogger ex-petista said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

1:41 AM  
Blogger ex-petista said...

Amigo, teu texto é o retrato do Brasil, de cabo a rabo. Pontos pra Santa pela indicação do teu post.Um abraço.

1:42 AM  
Blogger Duda said...

Excelente texto, apesar de triste constatação. Parabéns!

9:40 AM  
Blogger Daniel J. Butzke said...

Partido e presidente reféns da própria gang, e o País a deriva.

9:46 AM  
Blogger Gorda said...

Alexandre, como é gratificante saber do comprometimento de tanta gente na internet com a coragem igual a demostrada aqui. Beijos.

11:55 AM  
Blogger Lu said...

Brilhante!!!

12:09 PM  
Anonymous De Olho nas Eleições said...

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) recebe denúncias pela internet caso os candidatos não cumpram as regras exigidas na Campanha.

O endereço é www.tre-sp.gov.br

12:28 PM  
Blogger Iran said...

Deus está perplexo!

12:33 PM  
Blogger Artmonta said...

Um perfeito e lúcido dossiê da realidade brasileira.

2:14 PM  
Blogger Soube said...

- Soube?
- Do quê?
- Hiii rapaz, Deus é o que quisermos, se confiarmos Nele e nas Palavras de seu Filho...
- É!
- Para quem tem fé, Deus é brasileiro sim!
- Depende dos homens...

4:17 PM  
Blogger Fernando said...

Impecável!

6:10 PM  
Blogger ex-petista said...

E eu que pensei que não viveria pra ver isso.Um grande abraço.

6:54 PM  

Postar um comentário

Links para este post:

Criar um link

<< Home