23 fevereiro 2006

COMEMORAÇÃO PRECOCE

Aqueles que “comemoram” as duas últimas “pesquisas eleitorais” (quanta pretensão em realizá-las fora do período eleitoral), assim como os “desesperados” com sua divulgação, devem estar ignorando duas variáveis concorrentes que atuaram na produção de seus resultados: em primeiro lugar há que se considerar que só existe um “candidato” em campanha (criminosa, forçoso dizê-lo) sendo portanto compreensível essa “curva ascendente”; a outra é conseqüente – ainda não começou a “guerra de bugios”, e as “baixarias” (e olha que não são poucas!) ainda não vieram à tona, o que invariavelmente reduzirá o aparente “sucesso” do “nosso” Macunaíma Gump ao seu real significado.
Poucos se dão conta de interpretar o outro lado da mesma pesquisa DataFolha, reproduzido na matéria abaixo extraída da Agência TERRA:

“Rejeição a Lula é proporcional à renda
A rejeição ao presidente da República aumenta à medida que a renda dos entrevistados cresce. Entre aqueles que ganham até cinco salários mínimos por mês, a taxa é de 28% e sobe para 37% quando se trata dos eleitores com renda entre 5 e 10 mínimos. Acima dos 10 salários mínimos, salta para 43%. “


O significado disso é que após a entrada em cena dos demais candidatos e com o início do fenômeno que denominamos “guerra de bugios”, novos resultados virão a modificar o atual cenário.
E os “alegres” de hoje poderão ser os “tristes” de amanhã, e vice-versa.

18 Comments:

Blogger Soube said...

- Soube
- Pesquisas agora são apenas um indicativo desse momento.
- É!
- Até outubro tem 7 meses ainda...
- É!
- Muita coisa vai rolar...
- É!

10:28 PM  
Blogger Walter Carrilho said...

O Ibge logo vai publicar uma pesquisa que indica que o tamanho do cérebro de alguns eleitores está diminuindo. Acho que isso explica a tal "subida" nas pesquisas. É isso ou demência coletiva...

7:08 AM  
Blogger Moita said...

Alexandre

Tudo bem.
Tenho dito, que a oposição tem que largar o candidato rapidamente, senão ele continua crescendo.

Abraços

10:07 AM  
Blogger Saramar said...

Alexandre, boa tarde.
Eu tenho fé! Não é possível, como disse o Carrilho que a demência tenha se instalado no país inteiro.
É aquela história: quem ri por último, ri melhor.

Beijos e um excelente carnaval para você e sua família.

4:29 PM  
Blogger Patrick Gleber said...

O crescimento médio da economia nos três primeiros anos do governo Lula superou a marca dos dois mandatos de Fernando Henrique. Na média, o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 2,6% entre 2003 e 2005.

Veja mais no blog (www.pensarpolitico.blogspot.com)

Patrick Gleber

4:37 PM  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Camarrada Alexandre,
Dois assuntos:

1. Daqui a pouco volto para comentar os textos.

2. Você leu rápido demais o meu texto "Odores fétidos rondam o BC", sobre o coordenador de doleiros lá no meu blog.

Então respondi ao amigo e peço para você ler mais devagar para poder apreciar a ironia dos dois últimos parágrafos. :)

6:08 PM  
Blogger Santa said...

Alexandre, pelo menos este ano Lula não contará com a votação da classe média que o elegeu em 2002.

7:18 PM  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Nisso a Santa está certa "parcialmente".
A parte da classe média de funcionários, muito bem remunerados, da Petrobrás, de Furnas entre outras estatais ou de economia mista, adoram a conversa mole da esquerda sem vergonha. Excetuando-se esta parte a Santa está absolutamente correta. :)

8:52 PM  
Blogger Camarada Arcanjo said...

E o Moita também está certo. Notar que o idota existe, é afirmar que ele está alí.

8:54 PM  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Walter Carrilho,

Na minha opinião é armação do PSDB para assustar os eleitores que estão saturados do calango para viabilizar um "anti-Lulla".

Não contem comigo para viabilizar esta palhaçada. Vou criticar o Lulla como sempre fiz, e vou criticar também o anti-lula.

O Brasil precisa de coisa m,elhor que esta história para boi dormir.

8:58 PM  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Tô danado, hoje. :)

8:59 PM  
Blogger Nemerson Lavoura said...

Walter,
O cérebro do eleitor brasileiro sempre foi pequenuninho...
Abs

9:00 AM  
Blogger Nat said...

Alexandre,

Concordo contigo: pesquisas precoces nada significam. Nesta mesma época em 2001, Roseana Sarney despontava como favorita... deu no que deu... Em 89, Collor tinha traço nas intenções de voto. Em 93 e 97, as pesquisas apontavam Lula como o grande vencedor. Deu FHC nas duas!

Precisamos manter a racionalidade e não cair em armadilhas.

Grande abraço!

1:36 PM  
Blogger Moita said...

Deixem que as urnas se abram, aí vamos ver como a pancada do zabumba.

Abs

10:29 AM  
Anonymous Saramar said...

Alexandre, bom dia.
Ainda está envolvido com os festejos momescos? Volte correndo.

Beijos

7:50 AM  
Blogger Ozéas said...

Você conhece o Escabinos?
Passa no Blog que tem novidades.
Abç

5:48 PM  
Anonymous Anônimo said...

That's a great story. Waiting for more. »

12:36 AM  
Anonymous Anônimo said...

What a great site »

1:08 PM  

Postar um comentário

Links para este post:

Criar um link

<< Home